LANÇADA PEDRA FUNDAMENTAL DO PALÁCIO MAÇÔNICO

Na noite de anteontem, completou o Grão-Mestre do Oriente do Brasil o seu ciclo de visitas a lojas, maçons e autoridades do Estado de Goiás, iniciado na quinta-feira última, quando chegou a Anápolis. Durante todo dia 19, esteve ali, cumprindo extenso programa de visitação, sendo recebido pelo prefeito Jamel Cecílio e pelo Bispo Dom Epaminondas. Almoçou na residência do sr. Halim Helou (65.193 Lealdade e Justiça), na oportunidade em que se pôs em contato com várias autoridades civis, maçônicas e religiosas. À noite, o sr. Osmane Vieira de Rezende presidiu a solenidade de posse na Loja Maçônica “Lealdade e Justiça”, de Anápolis, dos novos veneráveis daquela cidade, Eurípedes Barsamulfo Junqueira e Afif Farah Hajjar, por decreto do Chefe do Poder Executivo anapolino o visitante foi considerado hospede oficial da municipalidade.

No dia imediato,20, o Grão-Mestre foi recebido em Palácio, pelo Governador Irapuan Costa Júnior. No ensejo, o Chefe do Poder Executivo goiano foi agraciado, pelo chefe geral da organização maçônica com a “Comenda da Ordem de Pedro I”. A seguir o sr. Osmane visitou a Assembléia Legislativa, sendo recebido em plenário, quando o deputado Clarismar Fernandes proferiu discurso de saudação. Visitou, depois, o vice-Governador José Luiz Bittencourt, ao qual conferiu o “Diploma de Amizade Maçônica”. Com o mesmo título, agraciou o prefeito Francisco de Freitas Castro, na visita que lhe fez, também na manhã de 20. Dali, foram, o Grão-Mestre e comitiva, em visita ao sr. Licínio Leal Barbosa, Grão-Mestre da Grande Loja do Estado de Goiás. Depois do almoço que foi oferecido na residência do industrial e maçom Getulio Varanda, o sr. Osmane visitou este jornal, sendo recebido pelo Assessor da Direção Geral dos “Associados”, jornalista Moacyr Salles.

Grão-Mestre e acompanhantes, na tarde da 6ª feira, foram a Itumbiara, participando de solenidade de sagração do Templo Maçônico daquela localidade. Em seguida, dirigiram-se a Caldas Novas, onde foram recebido pelo sr. Prefeito e secretariado, sendo ali o Grão-Mestre Geral considerado Hospede oficial. Depois do pernoite na cidade das águas quentes e de visitarem a Loja Maçônica local na manhã seguinte, estiveram em contato com os maçons e autoridades de Morrinhos, chegando à tarde, a Goiânia.

PALÁCIO MAÇÔNICO

Projetado para acolher todas as seções administrativas do Grande Oriente do Estado de Goiás, o Palácio Maçônico será obra arquitetônica de acentuado estilo moderno-futurista, contrastando com a orientação geométrica de tradição nas edificações maçônicas. O Grão-Mestre eleito, do Grande Oriente do Estado de Goiás, Jair de Assis Ribeiro, explica – O “Palácio Maçônico” não será templo de trabalhos senão administrativos, abrigando e irradiando a administração central às lojas e maçons de todo o Estado. Além disso, a Maçonaria é uma instituição filantrópica mas progressista, e respeitando os setores da filosofia, em que se fundamenta, não se obriga, nem deve, manter ser ângulos tradicionais de sua vestimenta, quando possa ou precise estabelecer novas linhas de estética”. E ressalva “Em resumo:  A Maçonaria, chamada de Arte Real, como se designava a Arquitetura, antigamente, evidenciou sua presença em todas ou quase todas as construções, ao longo dos séculos, acompanhando a evolução que a Ciência e a Arte conheceram, em todos os tempos”.

Na tarde de 21, sábado último, foi feito o lançamento da Pedra Fundamental do “Palácio Maçônico”, à Rua Um, na Fama. Estiveram presentes: Osmane Vieira de Rezende, Grão-Mestre Geral da Maçonaria Brasileira; Grande Secretário de Finanças do Grande Oriente do Brasil, Antônio Miranda de Castro; Rubens Carneiro dos Santos, Grão-Mestre do Grande Oriente do Estado de Goiás; Jair de Assis Ribeiro, Grão-Mestre Adjunto Estadual e Grão-Mestre eleito para o período governamental seguinte; Artur da Cunha Bastos Júnior, Grão-Mestre Estadual Adjunto, eleito recentemente; Prefeito Municipal de Goiânia, Francisco de Freitas Castro; Getúlio Varanda, presidente da Fundação de Assistência a Menores Aprendizes – FAMA; Nabor Cordeiro do Valle, da firma Incorporadora Irmãos Valle, que será a administradora da obra, sem cobrar qualquer taxa de administração do Grande Oriente, além de deputados federais e estaduais da Ordem, membros dos Tribunais e Conselhos maçônicos. Por volta das 17:30 , o Grão-Mestre Rubens Carneiro dos Santos faz a abertura da cerimônia, constando, inicialmente, da sanção de lei pelo Prefeito Municipal, que deu à Rua Um, na Fama, onde se realizava o lançamento da Pedra Fundamental do Edifício da administração do Grande Oriente, o nome de Armogaste José da Silveira, em homenagem a um maçom que foi o primeiro construtor, nesta Capital. Falaram, na oportunidade: o vereador João Afonso Sobrinho, autor do projeto de homenagem ao pedreiro pioneiro: Venerando de Freitas Borges, destacando a personalidade do homenageado; Lafaiete Silveira, sobrinho do Sr. Armogaste apresentando os agradecimento da família; jornalista Moacyr Salles, em nome de Da. Jovita Assis Ribeiro e de Da. Antônia Finotti, homenageando à esposa do professor Rubens Carneiro dos Santos e à esposa do Prefeito Francisco de Freitas Castro, às quais foram ofertados ramalhetes de flores; Divino José de Oliveira, agradecendo ao Prefeito de Goiânia, solidarizando-se com as obras maçônicas. A seguir, foi colocado o tijolo inicial da obra do Palácio Maçônico, pelos Srs.: Venerando de Freitas Borges, o primeiro Prefeito da Capital; Divino José de Oliveira, primeiro Contador da municipalidade goianiense; Geraldo Rodrigues dos Santos, primeiro Engenheiro; Grão-Mestre Osmane Vieira de Rezende; e Prefeito Francisco de Castro.

À noite, na Loja Maçônica “Liberdade e União”, ocorreu a solenidade de posse de todos os Veneráveis de Lojas da Capital e de Inhumas. Às 22 horas, teve lugar um banquete de despedida do Grão-Mestre Geral, para 300 talheres, tendo a mesa principal sido ocupada pelas seguintes autoridades: Governador do Estado Irapuan Costa Júnior; Vice-Governador José Luiz Bittencourte senhora; Grão-Mestre Osmane Vieira de Rezende; Senador Osíris Teixeira, Grão-Mestre Adjunto do Grande Oriente do Brasil; Coronel Brunnel Couto, Comandante do 42 BIM; Coronel Danilo Darcy de Sá da Cunha e Mello, Secretário da Segurança Pública, e senhora; Manoel Antônio da Silva, Secretário do Interior e Justiça; Prefeito Francisco de Freitas Castro e senhora; Padre Cunha; Carlos Craveiro de Carvalho, diretor do DERGO, e senhora; Ovídio Inácio Carneiro; José Roberto da Paixão, Chefe do Gabinete Civil do Governador, e senhora; Geraldo Rodrigues dos Santos, delegado do Grão-Mestre Federal, em Brasília; Rubens Carneiro dos Santos, Grão-Mestre Estadual; Jair Assis Ribeiro, Grão-Mestre Estadual Adjunto; Duílio Martins de Araújo, Secretário do Tribunal de Justiça do Estado; Geraldo Gilberto Floeter, Delegado do IBGE, e esposa.

Fonte: FOLHA DE GOIAZ, 24 de junho de 1975

 

Voltar ao início

 

Abel Tolentino
Webmaster