GRANDES VULTOS DA MAÇONARIA GOIANA

 

COLEMAR NATAL E SILVA

 

COLEMAR NATAL E SILVA Presidente da Academia Goiana de Letras

Nascimento: 24/08/1907 em São José do Tocantins, atual Niquelândia GO

Filiação: Marcelo Francisco da Silva e Eurídice Natal e Silva

Profissão: Advogado e Professor

Iniciado na Loja Maçônica Aurora de Goiás 1393 em 03/12/1962, elevado em 17/06/1963, exaltado em 13/01/1964.

Segundo o que consta no site da Academia Goiana de Letras, Colemar Natal, fez os estudos primários com a genitora, mulher culta e dinâmica que, em 1904, na Cidade de Goiás, fundou a Academia de Letras de Goiás, atual Academia Goiana de Letras, refundada em Goiânia, em 1939, por seu filho Colemar.

Estudou no Lyceu de Goiás e fez o curso jurídico na Faculdade de Direito do Rio de Janeiro, onde fundou o Centro Goiano, que mais tarde se tornaria a Associação Goiana. Fez parte da comissão que fundou a Casa do Estudante. Em 1930, regressou à Cidade de Goiás e dedicou-se à advocacia e ao magistério, lecionando História do Brasil e da Civilização na Escola Normal, Sociologia no Lyceu de Goiás e Introdução à Ciência do Direito na Faculdade de Direito de Goiás. Foi secretário da comissão encarregada de escolher o local para a edificação de Goiânia. Um dos fundadores e presidente do Instituto Histórico e Geográfico de Goiás.

Fundou a Academia Goiana de Letras e a Universidade Federal de Goiás, sendo o seu primeiro reitor. Jornalista, jurista, historiador e pesquisador, foi Colemar Natal e Silva um incansável batalhador pelas causas goianas. Pertenceu à Academia Goiana de Letras, ao Instituto Histórico e Geográfico de Goiás, ao Instituto dos Advogados de Goiás e à União Brasileira de Escritores de Goiás. Possui uma honrosa folha de serviços prestados ao Estado de Goiás. Seu currículo é dos mais volumosos, com inúmeras condecorações e medalhas. Faleceu em Goiânia, no dia 23 de fevereiro de 1996.

 

Voltar ao início

 

Abel Tolentino
Webmaster