LOJA MAÇÔNICA SANTA CRUZ DE GOIÁS 2043

Fundação: 20/05/1979
Regularização: 09/08/1980
Inatividade: 21/11/1986
Cidade: Santa Cruz de Goiás Rito: ESCOCÊS

 

Autorizada a funcionar em caráter provisório, conforme decreto nº 575/79 de 04/09/1979, do Grande Oriente do Estado de Goiás.

Pedido de Regularização deferido em 07/02/1980, conforme decreto nº 001 do Grande Oriente do Brasil, assinado pelo Grão Mestre Geral Osíris Teixeira. Foi autorizada a trabalhar no Rito Escocês Antigo e Aceito.

Foi regularizada em 09/08/1980, conforme decreto 598 de 15/07/1980 do Grande Oriente do Estado de Goiás, a comissão de regularização se compôs dos seguintes obreiros: José Quinha de Souza, Luciano Leite Mattos e Ermione Bueno dos Santos, membros da Loja Maçônica União de Canaã, de Goiânia, Mauro Marcondes da Costa da Loja Maçônica Luz Corumbaibense GO, Ildemar Mesquita da Loja Maçônica Paz e Amor de Ipameri GO, e Iêdo Ranulfo Lobo da Loja Maçônica Aurora de Goiás, de Goiânia.

Por deixar de funcionar por vários meses, deixar de contribuir com suas obrigações pecuniárias, o Grão Mestre Estadual, Chafic Gabriel, através do decreto 787 de 31/05/1984 decreta intervenção naquela Oficina, objetivando recuperá-la de forma que pudesse trabalhar de acordo com nossa legislação. Foi nomeado interventor, o Irmão Ildemar Mesquita, membro da Loja Maçônica Paz e Amor de Ipameri GO. Em de maio, conforme decreto 791 daquele ano, a intervenção era suspensa por entender o interventor que não havia mais justificativa para mantê-la. O resultado dessa intervenção, foi o perdão de parte dos débitos da Loja Maçônica e dos Irmãos, ficando os mesmos responsáveis somente pelas taxas referentes ao ano de 1984 em diante.

Não obstante o perdão de parte da dívida e o esforço do Grão-Mestrado, a que não correspondeu à altura e continuo enfrentando sérios problemas. Diante da situação de inadimplência e falta de funcionamento, não restou outro caminho senão a decretação de sua inatividade, medida tomada em 21/11/1986, conforme ato nº 17 do Grande Oriente do Estado de Goiás.

Vale registrar que, debalde nossos esforços, não foi possível localizar quer livro desta Loja Maçônica. Percorremos os possíveis caminhos por onde poderíamos encontra-os, mas infelizmente não logramos êxito.

Histórico feito pelo Irmão José Alves Fraga

 

Abel Tolentino
WebMaster