LOJA MAÇÔNICA ESTRELA CRIXAENSE 2047

Nome: ESTRELA CRIXAENSE Nº 2047
Data da Fundação: 31/05/1979
Endereço: EVA DE CARVALHO Bairro: CENTRO
Cidade: CRIXAS - GO  Cep: 76.510-000
Sessão: QUINTA Rito: ESCOCÊS

Títulos e Condecorações:
26/10/2007 - CINQÜENTENÁRIO DO GOEG
13/10/2006 - DEDICAÇÃO MAÇÔNICA


Estandarte da Loja Maçônica Estrela Crixaense 2047

Histórico da Loja Maçônica Estrela Crixaense

Em 31 de maio de 1979 nascia mais uma estrela no firmamento do Grande Oriente do Estado de Goiás. Nessa data começava a brilhar a Augusta e Respeitável Loja Simbólica Estrela Crixaense, ao oriente de Crixás GO.

Em uma reunião realizada às 20 horas na sede da Prefeitura daquela cidade, localizada na Praça 1º de Janeiro s/nº, um grupo de Irmãos que pertencia, em sua maioria, à Loja Maçônica Templários do Bem, de Rubiataba GO, deliberou pela criação de mais um núcleo com o objetivo de render Glória ao Grande Arquiteto do Universo. Dessa reunião, da qual fizeram parte os Irmãos João Frederico Dietz, Adão Alves Teixeira, Inácio Antônio de Araújo, Joaquim Frederico Dietz, Josué Borges de Oliveira, Juari Antônio de Araújo, Manoel Nery de Souza, Orimar de Bastos e Lázaro Lamounier, saiu a decisão de fundação da Loja Maçônica Estrela Crixaense, sendo, desde já, formada a primeira diretoria.

O primeiro Venerável Mestre da Loja foi o Irmão João Frederico Dietz que comandou a loja até junho de 1981.

A primeira sessão ordinária, foi realizada me 14/06/1979, também na sede da prefeitura local. Naquele mesmo mês, foi adquirido o terreno onde, em setembro seria iniciada a construção da sede própria.

Em 20 de setembro de 1980 a Loja já realizava a sagração de seu templo concomitantemente com a regularização. A Comissão Regularizadora foi composta por Orimar de Bastos, como Presidente, tendo ainda como integrantes os Irmãos Absalão Gomes de Brito, Adão Alves Teixeira, Raimundo Santana Amaral, Ubiratan Carneiro da Silva, Joaquim Frederico Dietz e João Frederico Dietz. Em 21/09/1980 realiza-se a primeira Sessão Magna de Iniciação, quando foram iniciados sete novos Irmãos.
A Loja Maçônica Estrela Crixaense foi considerada de Utilidade Pública em 13/09/1900, conforme Lei Municipal nº 786.

Texto publicado no Jornal Voz do Oriente, órgão noticioso do Grande Oriente do Estado de Goiás, edição nº 37 de julho de 2005. Colaboração do Irmão Antônio Macário de Paiva.

 


Fachada da Loja Maçônica Estrela Crixaense 2047

 

Abel Tolentino
WebMaster