Florianópolis - SC

 

Monumento Maçônico - Praça da Fraternidade - Florianópolis / SC

Monumento Maçônico - Praça da Fraternidade - Florianópolis / SC

 

Praça da Fraternidade

O Monumento à Maçonaria implantado na Praça da Fraternidade, na confluência da Av. Paulo Fontes com Dep. João Bertoli em Florianópolis, SC teve como princípio a representação dos principais símbolos da Maçonaria foi inaugurada dia 04 de setembro de 2006.

A base do monumento é formada por um piso em granito com forma de pentágono com três níveis representados por três degraus. Um dos vértices do pentágono aponta para o Norte enquanto a face oposta está votada para o Sul e assim sendo o vértice do lado direito aponta para o Oriente (Leste) e o vértice oposto para o Ocidente (Oeste).

O pentágono está inserido em um triangulo eqüilátero com um vértice também apontando para o Norte, os outros dois vértices apontam para o Oriente e para o Ocidente, enquanto a base oposta ao vértice Norte está voltada para o Sul.

Obteve-se um dos símbolos tradicional da Maçonaria, ou seja, o entrelaçamento entre o Compasso e o Esquadro partindo-se de uma Pirâmide de base triangular onde os seus três vértices foram substituídos pelas  “pernas” de um Compasso tornando-se assim tridimensional, da mesma forma o Esquadro foi inserido no conjunto de modo que de qualquer posição que se observe o conjunto teremos sempre a composição clássica do entrelaçamento entre um Compasso e um Esquadro nos três Graus Simbólicos da Maçonaria Universal.

A altura do Compasso foi determinada em razão da abertura das pernas do compasso com base no comprimento de um dos lados de um pentágono, da mesma forma o centro do “olho que tudo vê” encontra-se no vértice do pentágono referido.

No centro do Monumento uma pirâmide de base triangular em granito polido possui as linhas das bases paralelas ao plano formado pelas “pernas” do Compasso e quando visualizada em conjunto com Compasso e o Esquadro é vista como um Triângulo Eqüilátero como na trilogia: Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

O Compasso é encimado por três semi-arcos, formando um globo em cujo interior outras três semi-elipses diametralmente opostas abrigam no centro uma esfera, em seu conjunto representam o “olho que tudo vê”, outro símbolo da Maçonaria.

Florianópolis, setembro de 2006 da E\V\

Autor do projeto do Monumento

Ir\ Edson Francisco Mendonça

da ARBLS “Jerônimo Coelho n° 13”  - GOSC

 

 

Voltar ao início

Abel Tolentino de O. Junior
Loja Maçônica Luz no Horizonte 2038
Goiânia - GO - Brasil