Loja Maçônica Luz no Horizonte

O Canto dos Aprendizes Registrados

Pelo Ir.'. Mateus Birkhead
Extraído das Constituições de Anderson - 1723

I

Vinde, vamos preparar,
Nós Irmãos que estamos
Reunidos nesta alegre Ocasião;
Bebamos, riamos, e cantemos;
Nosso Vinho vem da Fonte:
À Saúde d'um PEDREIRO Aceito.

II

O Universo está prestes
a Conhecer nossos Segredos,
Mas deixemo-lo se admirar e continuar observando;
Ele não poderá nunca adivinhar
A Palavra ou o Sinal
De um Livre e Aceito PEDREIRO.

III

É Isto, e é Aquilo,
Eles não podem dizer o que,
Porque tantos GRANDES HOMENS da Nação
Usam Aventais,
Para fazer de todos apenas um
Com um Livre e Aceito PEDREIRO.

IV

Grandes REIS, DUQUES E SENHORES,
Depuzeram sua Espada,
Para Honrar nossos Mistérios,
E nunca se envergonharam
De ouvir seus nomes chamados
Com um Livre e Aceito Pedreiro.

V

O Orgulho da Antiguidade
O temos ao nosso lado,
E isso faz Homens no lugar Justo:
Nada existe senão o que é bom
Para ser entendido
Por um Livre e Aceito Pedreiro.

VI

Então unamo-nos Mão na Mão,
Seguremos firmes uns aos outros,
Sejamos alegres, e mostremos Faces francas:
Que Moral pode se gabar
de um tão nobre brinde,
Do que um Livre e Aceito Pedreiro?

 

Fonte: Livro "Coluna de Harmonia" Zaly Barros de Araújo
Editora Maçônica "A Trolha"

 

Página Anterior Próxima Página

Abel Tolentino
Webmaster