Loja Maçônica Luz no Horizonte 2038

 

Livros, Rituais e Manuais do Rito Brasileiro

 

ESTATUTO, CONSTITUIÇÃO E REGULAMENTO ESPECIAL

Estatuto, Constituição e Regulamento Especial - Supremo Conclave do Brasil para o Rito Brasileiro

Livro de bolso publicado pelo Supremo Conclave do Brasil para o Rito Brasileiro em 1976, impresso na Princeps Gráfica e Editora Ltda. - Rio de Janeiro/RJ, com 94 páginas.

Conteúdo: preâmbulo com o histórico do rito; Decreto n.º 2080 de 19/03/1968; Estatuto; Constituição do rito (21/07/1976); Regulamento Especial do Rito Brasileiro; Tratado de Amizade e Aliança Maçônica; e Tratado de Aliança, Mútuo Reconhecimento e Amizade entre o Supremo Conclave do Brasil para o Rito Brasileiro e o Excelso Conselho da Maçonaria Adonhiramita.
 


A MAÇONARIA E O RITO BRASILEIRO

A Maçonaria e o Rito Brasileiro - G. Hercules Pinto

Livro de autoria do Irmão G. Hercules Pinto, publicado pela Editora "Maçônica", e impresso pela Gráfica da Cooperativa Cultural dos Esperantistas - Rio de Janeiro/RJ em 1981, com 278 páginas.

O livro inicia com a história da Maçonaria do Especial Rito Brasileiro; na primeira parte do livro tem a "Constituição da Maçonaria do Especial Rito Brasileiro para as Casas do Circulo do Grande Oriente de Pernambuco Sob os Auspícios de S. Majestade Imperial S.'. D.'. P.'. S.'. I.'. do Bras.'., da Fam.'. Imp.'. e Sua S.'. Pontf.'." do capítulo 1º (da maçonaria do Rito Brasileiro e de seus Irmãos) ao 18º (Da Eleição).

A segunda parte continua com os capítulos 19º (Do Supremo Conselho do Grande Oriente) até o 24º (Do Aniversário).

Segue analisando o Rito Brasileiro de Lauro Sodré; o Decreto n.º 2080; algumas fases do Rito Brasileiro e do Grande Oriente do Brasil; a estrutura das Oficinas Litúrgicas, e rituais especiais de Exaltação Matrimonial, Adoção de Lowtons e de Pompa Fúnebre.
 


ACHEGAS PARA A HISTÓRIA DA MAÇONARIA NO BRASIL

ORIGEM DO RITO BRASILEIRO DO GOB

Origem do Rito Brasileiro do GOB  - Kurt Prober

Livro de autoria do Irmão Kurt Prober, que usa o pseudônimo Isa Ch'An, publicado e impresso pelo próprio irmão em 1991 - Rio de Janeiro/RJ.

O irmão Kurt Prober faz uma analise das fases do Rito Brasileiro, sendo a 1ª fase de 1914 a 1939, apresentando o original do Decreto n.º 500 de 23/12/1914, que criou oficialmente o Rito Brasileiro.Distintivo do Conclave do Rito Brasileiro de 1941

Na 2ª fase de 1940 a 1967, apresenta o Distintivo do Conclave de 1941, as primeiras Lojas e os Aventais do Rito Brasileiro, adotados nesta fase.

Na 3ª fase de 1968 (com o Decreto n.º 2080) até os dias atuais, o irmão Kurt Prober relata sobre a fundação das três primeiras "Celulas Mater": Loja Fraternidade e Civismo n.º 1697 do Rio de Janeiro/RJ; Loja Arariboia n.º 1968 do Rio de Janeiro/RJ; e Loja Castro Alves n.º 1704 de Salvador/BA. E da regularização da Loja Labor e Civismo n.º 1690 de Cataguzes/MG. Discorre sobre os Conclaves realizados pelo Rito Brasileiro, sendo o 1º de 18 a 20/10/1974 no Rio de Janeiro/RJ; o 2º Conclave de 4 a 6/11/1977 em Salvador/BA; o 3º Conclave de 24 a 26/10/1980 em Goiânia/GO; 4º Conclave de 25 a 27/05/1984 em Araxá/MG, 5º Conclave de 10 a 12/10/1986 em Campinas/SP; e 6º Conclave de 01 a 03/12/1989 em Brasília/DF.
 


RITO BRASILEIRO DE MAÇONS ANTIGOS, LIVRES E ACEITOS

Rito Brasileiro de Maçons Antigos, Livres e Aceitos - Mario Name

Livro de autoria do Irmão Mario Name, publicado pela Editora Maçônica "A Trolha" Ltda., e impresso pela Editora e Gráfica Cotação da Construção - Londrina/PR em 1992, com 271 páginas.

O livro esta divido em quatro capítulos, sendo o I dedicado a história do Rito Brasileiro; o II a estrutura atual do rito, a bordando sobre o Supremo Conclave do Brasil (GOB), Supremo Conclave Autônomo do Rito Brasileiro (Minas Gerais - 1974), Convenções Nacionais e Documentos do Rito; o capítulo III trata do Templo e a Loja; e o IV capítulo retorna a história do Rito Brasileiro, através de suas Constituições de 1878, 1940 e 1968.
 


O RITO BRASILEIRO

(UMA VISÃO DA MAÇONARIA SOCIAL OU 4º PERÍODO HISTÓRICO DA MAÇONARIA)

O Rito Brasileiro - Carlos Simões

Livro de autoria do Irmão Carlos Simões, publicado pela Editora "A Gazeta Maçônica" - São Paulo/SP em 1999, com 327 páginas.

O livro aborda vários aspectos do Rito Brasileiro, a exemplo da criação do rito; do rito teísta, legítimo e regular; a dedicação do rito; o Rito Brasileiro e os Direitos Maçônicos, a Justiça Social e a Maçonaria Social; e inclui vários anexos.

Ao final do livro tem-se as notas complementares, do irmão Fernando de Faria. Entre elas esta "A Cor do Rito", em que "O Rito era verde-amarelo, patriótico." E que depois de discutido junto com o Supremo Conclave do Brasil, "predominou o misticismo" e foi adotado para o Rito, a cor violeta, por conseqüência foi adotada a gravata colorida (bordô - atualmente).
 


MANUAL DE DINÂMICA RITUALÍSTICA DO RITO BRASILEIRO

Manual de Dinâmica Ritualística do Rito Brasileiro

Apostila elaborada com o objetivo de padronização da prática ritualística das Lojas do Grande Oriente do Estado de Goiás, que trabalham no Rito Brasileiro.

Apostila adotada quando da gestão do irmão Oclécio Pereira de Freitas - Grão-Mestre Estadual do GOEG, e irmão Ocrair da Costa Ribeiro - Delegado Litúrgico para o Estado de Goiás.
 


RITUAL - 1º GRAU - APRENDIZ
RITO BRAZILEIRO

Ritual do Grau de Aprendiz do Rito Brasileiro de 1921

Ritual adotado e aprovado por decreto de 26/08/1921, pelo Grande Oriente (Independente) de São Paulo para a Loja Campos Salles de São Paulo/SP, e impresso na Tipografia de Caetano Montano.

Consta que a Loja Campos Salles usou pela primeira vez este ritual no dia 16/09/1921, reunião esta convertida em "Sessão de Instrução do Rito Brasileiro". E no dia 23/09/1921, foi realizada a primeira iniciação de três profanos.
 


RITUAL DE INICIAÇÃO AO 1º GRAU

Ritual de Iniciação do Rito Brasileiro de 1940

Ritual adotado pelo Conclave dos Servidores da Ordem e da Pátria em 12 de novembro de 1940, e impresso na Tipografia e Encadernação da Casa Vallelle - Rio de Janeiro/RJ.

Nesta época a Loja de aprendiz do Rito Brasileiro chamava-se também de Cenáculo. O oriente é forrado de verde bandeira com frisos superiores amarelos. Nas colunas do dossel há duas esfinges: a da direita Pedro I e a da esquerda Deodoro da Fonseca. Do centro do dossel desce um globo com sol raiado e no fundo o escudo brasileiro. No centro do teto côncavo tem-se a constelação do Cruzeiro do Sul. As mesas do vigilantes eram decoradas de verde e amarelo. A aclamação era: Brasil - Ordem - Amor.
 


MANUAL DO GRAU DE APRENDIZ

Manual de Aprendiz Maçom - Rito Brasileiro - 1986

Nesta época foram feitos em separado o Ritual e Manual de Aprendiz do Rito Brasileiro, os quais foram adotados pelo Supremo Conclave do Rito Brasileiro, e aprovados pelo Grande Oriente do Brasil, por meio do decreto n.º 19 de 29/05/86. Foram impresso na Editora e Gráfica do Grande Oriente do Brasil - Brasília/DF.

O Ritual contém a parte ritualística, enquanto que o Manual está divido em duas partes, sendo a primeira "O Templo e a Loja" e a segunda ficou com a "Instrução do Grau".
 


RITUAL DO GRAU DE APRENDIZ-MAÇOM

Ritual aprovado pelo Grande Oriente do Brasil, por meio do Decreto n.º 0542 de 19/03/2002, onde ficou determinado a data de 25/04/2002, para o início da aplicação deste Ritual, por ocasião da comemoração do Dia Nacional do Rito Brasileiro.

Foi impresso na Lid Gráfica e Editora - Brasília/DF, com 211 páginas.
 


RITO BRASILEIRO
Normas Ritualística - Estrutura


Nova Edição

Livro inteiramente dedicado ao Rito Brasileiro de Maçons Antigos, Livres e Aceitos com 560 paginas.Terceira Edição – 2011 – Dois Volumes. Todos os assuntos contidos na 2º edição foram atualizados e revisados. Foram acrescidos novos assuntos nesta terceira edição, todos estão inteiramente de acordo com: o novo Ritual de Aprendiz do Rito Brasileiro (2010); Constituição do GOB (2007); RGF (2009) e Constituição do Soberano Supremo Conclave.

Mais informações e vendas: ritobrasileiroms@gmail.com ou F: (67)-3341-4348, Endereço: Av. Bom Pastor, 557 – Vilas Boas – CEP - 79051-220 CAMPO GRANDE – MS
 


RITUAL DO GRAU DE APRENDIZ-MAÇOM

Ritual do Grau de Aprendiz Maçom - Supremo Conclave Autônomo para o Rito Brasileiro

O Supremo Conclave Autônomo para o Rito Brasileiro do Oriente de Cataguases /MG, publicou em 2002 dois manuais, sendo o primeiro um Ritual de Aprendiz dividido em duas partes, a primeira com a disposição e decoração do Templo e instruções gerais; a segunda parte tratou dos procedimentos da Sessão Econômica (29 páginas). O segundo manual contem a terceira parte onde estão os procedimentos das sessões magnas: de Iniciação, Filiação e Regularização (48 páginas).

 

 

Voltar à página principal

Abel Tolentino de Oliveira Junior
Loja Maçônica Luz no Horizonte 2038
Goiânia  -  GO  -  Brasil