Grande Oriente do Brasil
Grande Oriente do Estado de Goiás

Aug.'. Resp.'. Loj.'. Simb.'.
OBREIROS DO CERRADO - N° 3789

Oriente de Jataí - GO
Rito Brasileiro

INTERPRETAÇÃO DO TIMBRE

Mário Cardoso Miquilino
MI  -  Grau 33
CIM 148 033

Acima do dístico circular, em faixa, divisamos uma coroa estilizada, onde se lê o Rito praticado pela Loja: “RITO BRASILEIRO”, com as letras na cor preta e o fundo na cor amarela.

Logo abaixo, dístico circular em faixa, envolvendo o timbre propriamente dito, com letras na cor preta, (consagrada a HIRAN e a CRISTO), com o fundo na cor branca, (consagrada a Divindade). Em seu interior, na parte superior, escrita com nome da Loja: “A:. R:. L:. S.. OBREIROS DO CERRADO, N° 3789”;  na parte inferior, à esquerda do observador, escrita em abreviatura maçônica, o nome da Potência Estadual que a Loja se encontra subordinada: “G:.O:. E:. G:.” (GRANDE ORIENTE DO ESTADO DE GOIÁS), e à direita do observador, escrita em abreviatura maçônica, o nome da Potência que a Loja se encontra federada: “G:.O:. B:.” (GRANDE ORIENTE DO BRASIL).

Abaixo do dístico circular, divisamos faixa, com as letras na cor preta, com o fundo na cor azul celeste, (cor da Maçonaria Simbólica, cor da tolerância, que deve caracterizar o desejo de excelcitude, condicionando as atitudes dos maçons nos três primeiros graus da maçonaria; é também, a cor do ar como elemento), a identificação do Oriente da Loja e a sua data de fundação: “ORIENTE DE JATAÍ — Fundada em 22  Julho 2006”.

No interior do dístico, em círculo, que simboliza o infinito, divisamos o desenho do Timbre da Loja, propriamente dito, com a seguinte interpretação:

Circundando o desenho, temos dois Ramos de Acácia (na cor verde, que é o símbolo da vida e da esperança e também a cor do elemento água) que simboliza imortalidade. Significando, portanto, a grandeza e responsabilidade do compromisso assumido pelos Obreiros Fundadores da Loja com a sua perpetuação através dos tempos. A Acácia, representa, ainda, a Virtude, a Inocência e o Trabalho.

No interior dos dois ramos de acácia, divisamos: O Pavimento de Mosaico com os seus quadrados brancos (cor consagrada a divindade) e preto (cor consagrada a Hiran e a Cristo), simbolizando a união, a harmonia e a tolerância que é preciso reinar entre os irmãos da loja que, apesar das diferenças humanas e materiais, unidos pela mesma argamassa, firme em seus propósitos, executarão grandes obras.

Os Três Degraus (na cor branca, consagrada à divindade) que ascendem ao Trono de Salomão, com a Pureza, a Luz e a Verdade, mostrando que só com a Sabedoria, Humildade e Perseverança, o maçom consegue ver a Luz para depois expargí-la para o bem comum que é o principal objetivo de uma Loja Maçônica.

Encimando os Três Degraus, temos uma Coluna (OCA) em construção com o Esquadro e o Compasso Unidos (na cor amarela, símbolo da riqueza e da grandeza), representando a medida justa que deve presidir as ações da Loja que não pode afastar-se da Justiça e da Retidão, regedoras de todos os atos do verdadeiro maçom, onde os Pedreiros Livres e de Bons Costumes guardam suas ferramentas com as quais farão a obra da vida no erguimento de mais uma forte coluna da Maçonaria Brasileira e Universal: a A:. R:. L:. S:.OBREIROS DO CERRADO, demonstrando assim, a consciência com a responsabilidade assumida perante ao S:.A:.D:.U:.(SUPREMO ARQUITETO DO UNIVERSO - designação para o Rito Brasileiro de Maçons Antigos, Livres e Aceitos). E assim, refletem suas luzes no seio da comunidade de Jataí - “CIDADE ABELHA”, representada no Timbre (à esquerda do observador), por um conjunto de favos de mel (na cor branca/dourada). A abelha estilizada no ocidente,  formada pelos favos, é considerada símbolo da alma; símbolo harmonioso da vida em comunidade e a sua infatigabilidade no trabalho para a sua comunidade é um exemplo positivo para os Obreiros do Cerrado. “Uma abelha é fraca em força, porém é forte através do poder da Sabedoria do Amor à Virtude”.

O Milho – sendo JATAÍ maior produtor deste grão do nosso País continental que é o Brasil, representado também no timbre (à esquerda do observador) acima dos favos de mel, assim podemos dissertar: “O caminho do grão que é ativado no escuro sulco da terra arada do campo, começa a germinar e verdejar; o mar de espigas douradas ondulantes, passando pelo trabalho de ceifar, de malhar, pelo processo de moagem, de peneirar, de preparação da massa, da passagem pelo forno e então finalmente a repartição em comum na mesa da família maçônica de Jataí, do Brasil e do Mundo”.

Encimando a Coluna em construção, divisamos em destaque, um PRUMO (na cor prata que simboliza proteção contra o mal, significando bem estar), lembram os Obreiros do Quadro que todos os seus atos e procedimentos devem ser justos e medidos para o erguimento do Templo Moral de cada Irmão, com Sabedoria e Retidão. No fundo do timbre, temos: o Sol (na cor amarela que simboliza riqueza, grandeza, à esquerda do observador), com fundo na cor violeta (bordô), cor oficialmente adotada pelo SUPREMO CONCLAVE DO BRASIL, que é a OFICINA CHEFE DO RITO BRASILEIRO DE MAÇONS ANTIGOS, LIVRES E ACEITOS (isto ocorreu definitivamente em 1996), simboliza, segundo a tradição, a espiritualidade, ligada ao sangue do sacrifício. A cor violeta é um misto de azul e vermelho; essas cores primárias, unidas em partes iguais, unem a Sabedoria e o Amor. Liturgicamente, essa cor é associada ao conceito do Arrependimento, da Expiação e do Recolhimento. A lua (na cor branca / azulada, à direita do observador), com a sua beleza, na imensidão do céu azul celeste de nossa Pátria, onde divisamos a Constelação do Cruzeiro do Sul (na cor prata), símbolo característico do Rito praticado pela A\ R:. L.. S:. Obreiros do Cerrado; o “Rito Brasileiro de Maçons Antigo, Livres e Aceitos”, filho legítimo do Grande Oriente do Brasil (palavras do Grão Mestre-Geral do Grande Oriente do Brasil, Soberano Irmão Francisco Murilo Pinto - 1995). O Sol e a Lua de fundo no timbre, vistos no cerrado goiano, significa que todo o maçom desse brilhante Quadro de Obreiros, livres e de bons costumes e acima de tudo justos e verdadeiros, devem tanto durante o dia quanto durante a noite, buscarem a verdadeira luz, o objetivo maior da Maçonaria Universal, para o bem comum da humanidade.

 

 

 

INTERPRETAÇÃO DO ESTANDARTE

 

Mário Cardoso Miquilino
MI  -  Grau 33
CIM 148 033

O estandarte da Loja terá as seguintes dimensões: no seu comprimento total com 1,20m (um metro e vinte centímetros) e, na sua largura total, com 0,80m (oitenta centímetros). Em sua forma retangular, com 1,00m (um metro) de comprimento, por 0,80m (oitenta centímetros) de largura, e na parte inferior, termina em um triangulo invertido nos seus últimos 0,20m (vinte centímetros).

O fundo do Estandarte será na cor azul safira, símbolo da morada celeste. Atravessando em diagonal do ângulo inferior esquerdo do retângulo, com 1,00m (um metro) de comprimento, até ao ângulo superior direito do estandarte (observador de frente), há uma tarja sobreposta ao fundo azul safira, nas cores: verde (símbolo da vida e da esperança) e amarela (símbolo da riqueza, que indica penetração e grandeza); cores que também caracterizam a nacionalidade do Rito Brasileiro. A medida da largura da tarja, será proporcional a área total do estandarte.

Todo o contorno do estandarte em suas laterais, será adornado por uma franja dourada; exceto na parte superior que terá um acabamento para encaixe de haste metálica ou de madeira, estilo  “Muralha de Castelo”.

Das laterais da haste metálica ou de madeira que sustenta o estandarte, penderão dois cordéis dourados, um de cada lado, que terminarão em borlas, também douradas. Esses cordéis com as borlas, terão 1,20m (um metro e vinte centímetros) de comprimento. No centro do estandarte e, sobreposto a tarja verde e amarela, divisamos o desenho do Timbre da Loja (com a descrição da interpretação feita em separado), em dimensões proporcionais à área total do estandarte. Ainda no interior do estandarte, sobrepostos, na cor branca, divisamos os seguintes dísticos:

1. acima do desenho do Timbre da Loja:

a) A saudação ao Supremo Arquiteto do Universo, em abreviatura maçônica: A:.G:. D:.S:.A:. D:. U..” (A Glória do Supremo Arquiteto do Universo);

b) O nome da Loja: “A:. R:. L:. S:. OBREIROS DO CERRADO, N° 3789;

c) O Oriente de sua localização: “ORIENTE DE JATAÍ - GO”.

 

2. Abaixo do desenho do Timbre da Loja:

a) A data de fundação da Loja: “FUNDADA EM 22  JULHO 2006”;

b) A subordinação à Potência Estadual, em abreviatura maçônica;

c) A Potência que a Loja é federada, também em abreviatura maçônica: “G:.O:.B:.”;

d) O Nome do Rito praticado pela Loja: “Rito Brasileiro de Maçons Antigos, Livres e Aceitos”.

 

Voltar à página principal

Abel Tolentino de Oliveira Junior
Loja Maçônica Luz no Horizonte 2038
Goiânia  -  GO  -  Brasil