TÍTULOS E CONDECORAÇÕES MAÇÔNICAS

ADOÇÃO DE LOWTONS - GOB


Medalha de Adoção de Lowtons - GOB

A adoção de Lowtons é uma instituição Maçônica que embora não se possa precisar, exatamente, o seu início, é uma instituição muito antiga. Tem pelo menos mais de 250 anos.

Homens de destaque na história mundial, foram adotados, como George Washington que por isso foi iniciado na Maçonaria aos 20 anos.

Essa prática consiste em colocar o filho do Maçom, ainda na influência, sob a proteção e a orientação de uma Loja, que assume o compromisso de ampará-lo e prepará-lo para a vida adulta, dentro dos princípios morais, éticos e libertários da Maçonaria.

O trabalho das Lojas Maçônicas deve ser voltado às origens da cerimônia de Adoção de Lowtons, no seu significado da palavra Lowton e no alto conteúdo simbólico do ritual de adoção, mostra que essa prática tradicional tem que ser mantida e que as Lojas devem considerar a necessidade de orientação dos Lowtons.

As Lojas devem se preocupar em colocar em prática, ações que visem resgatar os valores humanos, que é um dever do Maçom consciente de seu papel social e não vegetativo. E a semente dessas ações é a adoção de Lowtons.

A adoção de um Lowton é a preparação do seu futuro de uma Loja. Pré-iniciados os jovens, que devidamente assistidos e cuidados, certamente serão os maçons de amanhã.

Mas o que é o Lowton, no Brasil e no resto do mundo?

Um LOWTON é um filho de Maçom com idade entre 7 e 17 anos, que a Loja Simbólica adota, simbolicamente, assumindo com ele a responsabilidade na eventual falta do pai.

Para proteger os jovens dos males da sociedade, esclarecendo-os e ajudando-os a serem os bons cidadãos do futuro, preparando-os para a maçonaria, para que não se quebre a cadeia de bem, os livrando da destruição do mal.

Fonte: site Brasil Maçom - Autor Nêodo Ambrósio de Castro

 

Abel Tolentino
WebMaster