GRANDES VULTOS DA MAÇONARIA GOIANA

 

MANOEL GUILHERMINO DOS SANTOS

 

MANOEL GUILHERMINO DOS SANTOS

 

MANOEL GUILHERMINO DOS SANTOS Portugues naturalizado brasileiro, representante comercial oriundo de Ribeiro Preto SP, Delegado do Grande Oriente de São Paulo em Goiás, e fundador de várias lojas maçônicas no Estado de Goiás.

Consta no livro "Grande Loja do Estado de Goiás - Sinopse de sua história" de autoria dos irmãos João Batista Fagundes e Bruno Medeiros Duarte, consta que o Grão Mestre Carlos Reis Filho era um grande comerciante atacadista do ramo de tecidos e desejando estender a jurisdição da Grande Loja do Estado de São Paulo em Goiás, convidou o irmão Manoel Guilhermino dos Santos que era seu representante comercial de tecidos em Goiás, para desempenhar a missão de Delegado, para tanto filiou-se a Grande Loja do Estado de São Paulo.

Consta no histórico da Loja Maçônica Acácia Brasiliense 1183 que o irmão Manoel Guilhermino dos Santos, a muito tempo descontente com a política continuista do Grande Oriente do Brasil, liderou um movimento, dentro da Acácia Brasiliense 1183, para se fundar uma Loja das Grandes Lojas filiada à Grande Loja de São Paulo. Levou com ele os seguintes irmãos: Albano Dias, João Paz Esteves, Walfredo Antunes, Aderbal Antunes, Manoel Terrível, Eduardo de Freitas e outros, fundando a Loja Maçônica Adonhiram a 31 de julho de 1946.

Pelo Grande Oriente do Brasil, o irmão Manoel Guilhermino dos Santos fundou as lojas maçônicas: Liberdade e União 1158 de Goiânia em 23/06/1937, Acácia Brasiliense 1183 de Goiânia em 04/02/1944 - antigamente Campinas, Estrella Rioverdense 1139 em 11/05/1936 de Rio Verde GO,

Pela Grande Loja do Estado de São Paulo ele fundou as lojas maçônicas: Loja Adonhiram nº 44 de Goiânia em 31/07/1946, Loja Rossevelt nº 47 de Anápolis em 07/02/1947, Loja Verdadeira Luz nº 6 de Rio Verde em 31/07/1947, Loja Azeredo Coutinho nº 55 de Anicuns em 05/10/1947, Loja Luz e União nº 59 de Mineiros em 29/04/1948, Loja Torres do Rio Bonito nº 60 de Caiapônia em 04/05/1948, Loja Anhanguera nº 63 de Santa Cruz de Goiás em 19/08/1948, Loja Gênesis nº 67 de Pires do Rio em 06/12/1948, e Loja Campo Formoso nº 69 de Orizona em 27/02/1949, Loja Educação e Moral nº 71 de Goiânia em 07/07/1949.

Loja 28 de Julho nº 52 que sucedeu a Loja Fraternidade do Sudoeste 1192 do GOB de Jataí GO, em 28 de julho de 1947, vez que na época não tinha sido fundado o Grande Oriente do Estado de Goiás (26/10/1957), e as comunicações com o GOB que tinha sua sede no Rio de Janeiro RJ, eram de difícil de acontecer.

Consta também um documento de Manoel Guilhermino para a um amigo maçom residente no Rio de Janeiro, datado de 04/06/1950, em que ele cita que criou mais as lojas maçônicas Educação e Moral de Campinas (Goiânia), Bandeirantes do Uru de Uruana, Dr. Álvaro de Melo de Ceres, Imperatriz de Formosa, e Unidade do Planalto de Planaltina.

E em 09 de junho de 1951, o irmão Manoel Guilhermino dos Santos ajudou a fundar a Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás, na sede da Loja Adonhiram n° 44 que funcionava na época à rua 06 n° 30 Setor Central de Goiânia e onde funcionava também a Loja Educação e Moral n°71.

Hoje consta a Loja Maçônica Manoel Guilhermino dos Santos nº 161, jurisdicionada a Grande Loja Maçônica do Estado de Goiás, fundada em 09 de junho de 2011 em Goiânia GO.

 

 

Voltar ao início

 

Abel Tolentino
Webmaster