LOJA MAÇÔNICA MENSAGEIROS DA PAZ 1435

Data da Fundação: 30/11/1951
E-mail: lsmensageirosdapazn1435@gmail.com
Endereço: ARMOGASTE JOSÉ DA SILVEIRA Bairro: ST. MARECHAL RONDON
Cidade: GOIÂNIA - GO  Cep: 74.560-900
Sessão: QUINTA Rito: ESCOCÊS


Estandarte da Loja Maçônica Mensageiros da Paz 1435

 

DESCRIÇÃO DO LOGOTIPO DA
LOJA MAÇÔNICA MENSAGEIROS DA PAZ 1435

O logotipo consta de um círculo simbolizando o céu, tendo no seu interior um aro cor de bronze, com a seguinte inscrição em sua parte superior, acompanhando a curvatura, a inscrição: “ARBLS MENSAGEIROS DA PAZ N° 1435”.  Na sua parte inferior, também acompanhando a curvatura, lê-se: “Fundada em 30 de novembro de 1951”.

Acima da curvatura inferior, esta inserida a figura de uma pomba voando com as asas abertas que ultrapassam o aro em bronze, em seu bico leva um ramo de Acácia, sendo este em tom verde, com o caule em marrom. Sobre seu dorso está colocado um livro aberto com a capa sendo em tom de marrom, com as páginas em tom amarelo ouro, que vão clareando das pontas para o centro, tendo na página esquerda uma fita laranja.

Como se sai-se do centro do livro esta colocada às figuras de um esquadro sobre um compasso ambos em tom bronze, estes ficando um pouco abaixo do aro.

O interior do círculo, conforme relatado acima simboliza o céu brasileiro em tom azul celeste, tendo ao seu centro nuvens brancas. No canto superior direito é mais claro como se dele emanasse a luz solar, com isso, o tom azul celeste é mais claro até mais ao centro e a partir daí, ele vai se tornando mais forte e compacto.

 

SÍNTESE HISTÓRICA DA FUNDAÇÃO DA LOJA

Em 23 de novembro de 1951, na residência do Irmão Emerson Septimio Alvesno bairro de Campinas, realizou-se a reunião preliminar para fundação de uma nova loja maçônica no oriente da nova capital e sob os auspícios do Grande Oriente Unido. Assinaram a ata desta reunião preparatória 10 (dez) irmãos e tendo coordenado os trabalhos o Irmão Dirceu Torres, naquela ocasião ocupando a Venerança da Loja MaçônicaAcácia Brasiliense. Tendo sido um denodado fundador de lojas no Centro-Oeste e tem seu nome imortalizado no título distintivo de uma co-irmã brasiliense a AR e BLS Dirceu Torres n.º 1936 de Brasília DF.

Nesta reunião foram sugeridos como título distintivo para a nova Loja os nomes de “Henrique Carneiro de Castro” e o de “Acácia Brasiliense II”, prevalecendo o último na escolha, ficando aquele como patrono da Loja em homenagem a tudo aquilo que os “ACACIANOS” tem feito em prol da Maçonaria e, sobretudo da unificação desta. Fora determinada a data de 26 de novembro de 1951, para a sessão de fundação, uma segunda-feira após os trabalhos da co-irmã Acácia Brasiliense, dona do templo, mas esta sessão somente ocorreria no dia 30 de novembro daquele mês às 20 horas, sob a presidência do Irmão Geraldo Rodrigues dos Santos, Delegado do Grande Oriente Unido, que depois de aberto os trabalhos convidou ao Irmão Dirceu Torres - Venerável-Mestre da Acácia Brasiliense para tomar assento ao seu lado no altar. Preencheram os demais cargos diretores os Irmãos Antonio Pereira da Silva, secretário; Pedro Ferreira Borges, 1.º Vigilante; Deodato Ungarelli, 2.º Vigilante; Róseo Sposito, tesoureiro; José Vieira, Chanceler e para Mestre de Cerimônia o Irmão Gilberto Geraldo Guerra, preenchendo-se os demais cargos com os demais irmãos presentes. Infelizmente, não se registrou o nome do Orador da sessão de fundação. Na escolha do nome para a Venerança foi delegada a indicação ao Irmão Dirceu Torres que indicou e foi aprovado o nome do Irmão Honório José Álvares, o qual se tornou assim o primeiro Venerável da novel Loja simbólica. Deliberou-se ainda que provisoriamente os demais cargos devessem continuar preenchidos como estavam naquela sessão de fundação.

Registram presença nessa sessão de fundação 29 (vinte e nove) irmãos, dos quais, salvo engano, é remanescente somente o Irmão Antonio Pereira da Silva, tendo o mesmo secretariado as duas sessões aqui referidas. Por proposição do Irmão Dirceu Torres foram considerados também membros fundadores da novel oficina os irmãos Osmani Vieira de Rezende, Róseo Sposito, Miguel Marcelino, Gilberto Geraldo Guerra e Onofre de Castro, sendo o primeiro deles o Grão Mestre Geral do Grande Oriente do Brasil.

A regularização da Loja se deu pelo breve Constitutivo n.º 1435, do GOB, em 27 de abril de 1953.

Em Sessão realizada no dia 02 de maio de 1953, às 10:35 horas da manhã no antigo templo da Loja Maçônica "Liberdade  e União" nº 1158, foi efetivada essa regularização. Na oportunidade firmou-se um “pacto de amizade”, abrangendo as sete principais Lojas de Goiânia “Liberdade  e União”, “Ordem e Progresso II” e "Asilo da Acácia", do Grande Oriente do Brasil, “Acácia Brasiliense” e Acácia Brasiliense II” do Grande Oriente Unido e, “Adonhiram I” e “Educação e Moral”, das Grandes Lojas do Estado de Goiás.

A Loja inicialmente adotou e trabalhou no Rito Moderno ou Francês, um rito agnóstico e com apenas 07 (sete) graus. Durante a sessão especial de 21 de fevereiro de 1974, foi discutido e votado à proposta de mudança de título distintivo, sob o argumento de que o nome “Acácia” era comum a 30 Lojas simbólicas, inclusive a nossa Loja-mãe Acácia Brasiliense, fato que ocasionava muita confusão na correspondência. Por maioria, foi aprovado o nome de Mensageiros da Paz.

Assinado pelo Soberana Grão Mestre, Irmão Osmani Vieira de Rezende, o Decreto n.° 2.400, de 24 de julho de 1974, foi autorizada oficialmente a mudança do título distintivo para o atual.  Em 22 de agosto de 1974, proposto e aprovado a mudança para o Rito Escocês Antigo e Aceito, entretanto, tal mudança não ocorreu.

A primeira sessão com a nova denominação deu-se em 29 de agosto de 1974. Em 11 de agosto de 1977, efetivou-se a mudança do rito com a aprovação unânime. O GOB pelo Decreto n.º 3.670, de 03 de abril de 1978, deu a autorização oficial, sendo que a primeira sessão no novo rito realizou-se no dia 27 de abril de 1978, no templo provisório existente na futura sede em construção do GOEG, hoje denominado Palácio Maçônico “Nasseri Gabriel”.

Durante estes cinqüenta e poucos anos de fundação nossa Loja mudou de endereço diversas vezes, dentre estes: a Loja funcionou inicialmente no templo da Loja-mãe em seguida transferindo-se como locatária, para o templo da co-irmã “Ordem e Progresso II”, onde permaneceu até 10 de fevereiro de 1977. A partir de 17 de fevereiro de 1977 passou a reunir-se em um templo provisório existente junto às obras do futuro Palácio Maçônico, ali ficando até a inauguração deste em 24 de junho de 1982, onde atualmente trabalha no Templo Nobre.

Nossa Loja é co-fundadora e participante das seguintes entidades:

PEMEG – Pecúlio Maçônico do Estado de Goiás, criado em 1955 pelas Lojas goianas durante uma “semana maçônica” aqui realizada. Posteriormente o mesmo foi estendido as Lojas de Brasília e Tocantins com o advento destas unidades federativas em 1960 e 1988;

AMEM – Associação Maçônica de Erradicação da Mendicância, criado pelas Lojas maçônicas goianienses;

Casa de Mãe Sozinha “Anália Franco”, sociedade civil, sem fins lucrativos e de caráter filantrópico, fundada por nossa Loja em 30 de março de 2000.

É detentora de vários títulos, destacando-se os de fundadora do GOEG e de Benfeitora da Ordem, este último concedido pelo GOB em 19 de julho de 1984.

Exulte-se, ainda, a sua colaboração com exponenciais quadros para os Grandes Orientes, tanto o Estadual quanto o do Brasil: Grandes Secretários (Irmão Servo de Deus Papini), Conselheiros Federais (Irmão Derval Costa – Decano do Conselho), Secretários Estaduais (Albácio Jaime, Eterno Santana, Fábio Nogueira Duarte), Juízes dos Tribunais Estaduais (Irmãos Nazareno Rocha Junior, Odim Mendes, José de Souza Arantes), Presidentes da Poderosa Assembléia Estadual Legislativa (Irmãos Nazareno Rocha Junior e José Carlos de Souto Pantoja), além de Assessores do Grão Mestre Estadual, etc.)

Adaptação ao trabalho apresentado pelo Irmão Odim Mendes, durante a Sessão Especial Comemorativa ao Cinqüentenário de Fundação de nossa Loja em 29 de novembro de 2001.

Goiânia, 26 de agosto de 2009

Irmão Fábio Nogueira Duarte

 

Abel Tolentino
WebMaster